terça-feira, outubro 21, 2008

O raio X me barrou em Cumbica parte 2 Final!

Ola pessoal, tudo bem??? Bem...continuando a história.
Quando quase tudo passou pelo Raio -X chegou a vez do bag de baquetas. A moça da infraero perguntou:
- O que é isso ai?? Posso ver?
E eu falei:
-Claro!Abri o bag e mostrei as baquetas.
Ela falou:
- O Sr. não pode embarcar com isso, vai ter que despachar!!
E eu sem entender nada perguntei o porque já que não havia nenhum tipo de objeto cortante ou uma bomba , enfim somente baquetas de madeira.
Ela alegou que não pode viajar com madeira, eu logo perguntei:
- Você acha que vou matar alguem com um par de baquetas??
Enfim...tive que despachar e o problema foi ai, porque logo que estava indo despachar um cara da companhia aerea me falou que havia encerrado o momento de despachar. Ele me deu a opção de largar o bag lá e nunca mais ve-lo ou ficar com o bag e perder o vôo embarcando no próximo. Conclusão... perdi o vôo, pegando somente o vôo das 16:00. Da pra acreditar que fiquei desde as 8 da manha até as 4 da tarde no aeroporto sem fazer nada???
A minha sorte foi a conexão CatNet hehehe da Varig que possibilitou que ao menos eu fizesse minhas coisas de internet.

Chegando em Cuiaba - MT:
Cheguei la em Cuiaba e ainda viajei mais 3 horas de estrada ruim, com bloqueio dos sem terra até chegar na cidade de Rondonopolis, onde fiz o show. Cheguei praticamente subindo no palco, é mole???
E tem gente que acha que vida de artista é fácil....heheheheh

Um comentário:

Bia disse...

Mas olha quem está de volta! Oi, Igor, tudo bem? Nem sei se posso meter meu bedelho por aqui, mas agora já foi... hahahaha =) ah, que gente sem noção! Mais fácil você quebrar a baqueta batendo em alguém do que quebrar a pessoa. Isso, claro, se você FOSSE fazer isso. hehehehe Abraços!