quinta-feira, fevereiro 05, 2009

O metro!

Ola pessoal tudo bem?
Hoje indo para o meu estudio fui com um meio de transporte que tenho pouco costume de andar , que é o metro!
O metro um é excelente meio de transporte, rapido e te leva onde voce precisa.
Ate ai tudo bem...o que eu observei hoje foi a educaçao e o comportamento das pessoas. Fiquei um pouco desapontado, porque pude perceber que mesmo com diversas sinalizaçoes e avisos por todo o metro (estaçao e interior do metro), as pessoas nao respeitam como:
-Ficar ao lado direito da escada rolante para as pessoas que estao com pressa passarem pelo lado esquerdo, ninguem se importa, parece que so existem elas no mundo e mais ninguem.
-Assentos para idosos e gestantes, ninguem respeita, o metro cheio, 2 vovozinhas de pé e 2 moleques sentados no assento para idosos sem dar a minima.
- A mesma coisa na hora de entrar ou sair do vagao, todos querem entrar e sair ao mesmo tempo por qualquer lado das portas, sendo que mais uma vez digo que vi uma placa avisando : -Saida pelo direito, e entrada pelo lado direito. Todo mundo se espreme, empurra.

Morei na Alemanha por alguns meses e como la eu nao tinha carro andei de metro muito e realmente pude ver que o sistema funciona, os avisos sao respeitados e a educaçao tambem é visivel.
Tento entender essa diferença deixando de lado que eles são Europeus e nós Brasileiros e no contexto somos todos seres humanos e iguais.
Duvidas:
- A educaçao é diferente?
- O povo é melhor instruido?
- Eles tem mais cultura que nós?

Enfim... so tento entender melhor esse lance, pois acho que independete do pais que voce vive, todos são iguais e o metro é um lugar que voce encontra praticamente todos os tipos de classes,etnias,etc.

OBS: Isso que estou falando extende-se para elevadores de shopping, transito, corredores de supermercado, fila do banco e por ai vai.

É isso ai...

2 comentários:

Celbi P. disse...

Grande Igor. Sim, é um problema de educação - e não propriamente a vinda da escola e sim familiar, e da sociedade.

Temos uma característica extra que nosso país é muito desigual e isso reflete nas grandes cidades como São Paulo e Rio que possuem muitos migrantes (e não quero generalizar com isso, nem menosprezar nenhum grupo). Esses tendem a não observar as regras (ou não as compreendem) e, na correria, isso se soma aos usuários locais igualmente ignorantes.

Na Europa a coisa é um pouco mais equilibrada para todos. Se bem que não dá para dizer que lá tudo são flores, muito menos nos metrôs norte-americanos.

Eu costumo andar mais de ônibus do que metrô (a minha linha, a amarela, não fica pronta nunca!) e posso dizer que pelo menos nos ônibus tenho percebido uma ligeira melhora nos últimos anos. Mais pessoas cedendo lugar, se oferecendo para segurar bolsas e mochilas, e na medida do possível (e do estresse) o povo anda um pouquinho mais animado. Eu disse "um pouquinho". :-P

Celbi P. disse...

Igor.. mais uma coisa - não relacionada ao tópico. Vi você e o Chico no Amaury Jr. uns dias atrás. Ele mostrou trechos do making of do DVD da Família Lima - Carmina Burana. Muito bom.

Esses meninos Willcox vão longe! :-)
Abração!